skip to Main Content
211 914 475   912 300 533

O Filtro de partículas, mais conhecido por FAP foi inventado em frança tendo origem no grupo PSA. A sua primeira implementação ocorreu no ano 2000 no Peugeot 607 e foi apresentado como sendo um dispositivo de autolimpeza com a função de reduzir em 99,9% as emissões de partículas de fuligem emitidas pelos motores Diesel. O filtro de partículas foi progressivamente utilizado em grande parte das motorizações do grupo PSA, para uma melhor protecção do ambiente. Esta tecnologia acabou por ser imprescindível para cumprir as normas EURO5 aplicadas na Europa a partir de 2009.

Os problemas surgem quando o filtro de partículas não consegue efetuar o processo automaticamente de regeneração passiva porque os gazes de escape não conseguem atingir a temperatura mínima necessária. Esta situação acaba por ser bastante frequente porque a temperatura dos gases de escape de um automóvel comun que circula em cidade não costuma ultrapassar os 400º. Para atingir estas temperaturas é necessário efetuar trajetos em autoestradas ou mais longos em ritmos mais elevados.

Mesmo assim, apesar disso mesmo havendo lugar à regeneração passiva, pode haver com o passar do tempo acumulação de resíduos que também eventualmente poderá resultar num FAP entupido. Por essa razão o FAP é considerado pelos construtores de automóveis um consumível.

Contaminação do óleo

A Centralina multiplica as pós-injeções de combustível para tentar a regeneração do filtro, provocando um siginificativo aumento de consumo de combustível. O combustível suplementar pode acabar por contaminar o óleo reduzindo significativamente o seu poder de lubrificação.

Auto-combustão

Em última instância pode aumentar o nível significativamente podendo causar um fenómeno de autocombustão podendo levar a destruição do próprio motor

Maior consumo de combustível

Ao multiplicar as pós-injeções para tentar a regeneração forçada, o motor acaba por aumentar o consumo de combustível de forma notória havendo igualmente um redução na capacidade de aceleração

Modo de segurança

Nos modelos mais recentes de automóveis equipados com FAP existe um modo de segurança que nos casos extremos é ativado para evitar danos mais significativos, limitando drasticamente a performance para que apenas se consiga deslocar até a oficina mais próxima.

Se está confrontado com problemas com o seu filtro de partículas, a Solução AUTORACE REMOVFAP é a solução mais competitiva e eficaz que pode encontrar. A solução AUTORACE REMOVFAP consiste na anulação eletrónica do filtro de partículas, evitando assim a ocorrência dos processos associados, e a sua remoção mecânica de forma profissional e permanente, sem a presença de qualquer alerta luminoso no seu painel de instrumentos.

A Solução AUTORACE REMOVFAP é a sua Melhor Solução!

Os serviços AUTORACE REMOVFAP estão ao abrigo de uma garantia vitalícia que abrange o software desenvolvido pela AUTORACE. Qualquer funcionamento anómalo do software será analisado e posteriormente resolvido por um técnico especializado. Durante a intervenção do técnico todos os componentes físicos diretamente envolvidos no processo estarão sob a responsabilidade da AUTORACE após uma verificação inicial do bom funcionamento.

Back To Top